Method
Teoria da Mudança

Uma Teoria da Mudança pode ser utilizada, por exemplo, para ajudar a revelar a lógica de um projeto em andamento, para checar se novas ideias são consistentes ou para verificar se uma certa ação terá efeito no curto ou no longo prazo. O método também pode contribuir para repensar completamente um projeto, ajudando a focar nas mudanças pretendidas.

Nós costumamos utilizar a Teoria da Mudança como ferramenta de gestão de projetos, já que garante foco para chegar nas perguntas certas e assim melhorar o desenvolvimento de projetos.

1

Agende uma reunião de pelo menos algumas horas, em que participantes relevantes e com conhecimento da questão estejam envolvidos. Imprima o modelo Teoria da Mudança ou reproduza em um pedaço de papel e use como ponto de partida da discussão. No exemplo a seguir, nós trabalhamos na ordem de “efeitos” a “recursos”, mas você também pode começar de “recursos” até “efeitos”.

2

Escreva em post-its quais efeitos o projeto deverá ter. Escreva também como os efeitos serão avaliados, se possível. Os efeitos são o resultado de um esforço, e assim uma expressão da mudança que acontece no mundo quando a ação no setor público está acontecendo (por exemplo, maior qualificação de servidores públicos no campo da inovação). Anexe os post-its ao modelo nas colunas “efeitos” – e discuta quais efeitos são de curto e longo prazo, respectivamente.

3

Descreva os produtos que podem levar aos efeitos desejados. Por exemplo, “Curso de inovação para gestores públicos”. Esteja ciente de que há uma série de produtos diferentes no esforço. Escreva os produtos em post-its e os posicione na coluna correspondente do modelo. Desenhe caminhos entre os efeitos e os produtos – e discuta quais produtos precedem um dado efeito.

4

Escreva em post-its quais atividades (ações, instruções, visitas de controle) se relacionam à iniciativa. Estão incluídas todas as atividades relevantes? Também adicione atividades desempenhadas por outros. Desenhe caminhos entre os produtos e as atividades.

5

Liste os recursos finais (recursos podem ser financeiros, pessoas, infraestrutura, TI etc.) que serão utilizados para implementar as atividades. Posicione os post-its com os recursos na extrema esquerda. Conecte os recursos com as atividades.

6

Identifique e liste sob quais suposições críticas a teoria está baseada. Por exemplo: “Nós supomos que os gestores públicos terão interesse em participar dos cursos”.

7

Você está pronto para trabalhar com a sua Teoria da Mudança. Quais questões a sua Teoria da Mudança coloca, e como você vai trabalhar com as novas atividades e recursos?